Deixe um comentário

Conheça a MMP – Microinfusão de Medicamentos na Pele

mmp-microinfusao-de-medicamentos-na-pele-20092016104318

Já ouviu falar na técnica MMP? Para quem ainda não sabe do que se trata, MMP são as siglas de um novo tratamento que está super em alta no mercado dermatológico, a Microinfusão de Medicamentos na Pele.

Segundo nossa dermatologista, Dra. Fabiana Gerbi, “o mais interessante do tratamento é que ao mesmo tempo que ele faz o agulhamento, já é colocada a substância na pele, amenizando os efeitos colaterais e potencializando os resultados, pois a MMP permite que o profissional adicione o medicamento exatamente onde se deseja que ele atue”.

As principais indicações, segundo a dermatologista são: alguns tipos de queda de cabelo, cicatrizes, estrias, rejuvenescimento, sardas brancas (leucodermia gutata), e também para algumas verrugas.

“Quando estamos realizando o procedimento, colocamos uma mescla de substâncias indicadas para cada situação. Por exemplo, para queda de cabelo costumam-se utilizar alguns fatores de crescimento, medicações próprias para tratar o problema. Já para rejuvenescimento, pode-se utilizar vitamina C ou ácido hialurônico”.

Normalmente, são necessárias de 2 a 3 sessões, com intervalos mensais. E o efeito depende de caso a caso, mas geralmente é notado entre 2 e 3 semanas.

Para Fabiana, é fundamental ter a avaliação do médico dermatologista para saber qual a indicação correta a MMP, já que existem outros procedimentos também feitos com agulha, como o microagulhamento e alguns lasers.

Anúncios


Deixe um comentário

Estrias: o ideal é cuidar delas quando ainda estão rosadas!

celulite-mulher-praiaAs estrias costumam surgir com mais frequência nas mulheres. As lesões podem ser mais discretas ou aparentes, rosadas quando estão na fase inicial e brancas quando são mais antigas, sua espessura e largura também variam, podendo surgir em partes do corpo, como abdome, costas, coxas e bumbum.

As estrias aparecem quando há uma distensão rápida da pele, ocasionada por gestação, aumento de peso, crescimento rápido, entre outros fatores, que promovem o rompimento das fibras elásticas e de colágeno.

Quanto mais cedo as estrias forem tratadas, maiores são as chances dos resultados serem satisfatórios. O ideal é cuidar delas quando elas ainda estão rosadas! Os tratamentos associados são os mais indicados. Entre eles estão: ácido retinoico, ácido glicólico, cremes com vitamina C, lasers, microdermoabrasão, entre outros.

O resultado dos tratamentos pode variar bastante, por isso é essencial consultar um profissional! Tratamentos associados oferecem melhores resultados e o uso de hidratantes também pode ajudar, melhorando a qualidade da pele.

Você sofre com as estrias? Conte para nós!

 


Deixe um comentário

Como evitar estrias na gravidez?

gravida

Uma das maiores mudanças no corpo feminino acontece com a gravidez!

Nesta fase, com o passar das semanas, o corpo vai se modificando e a barriga vai se adaptar para carregar o bebê. As estrias aparecem nessa fase, não só na barriga, mas também nos seios, pois as fibras elásticas e de colágeno se rompem por causa do estiramento excessivo e rápido da pele. Mudanças hormonais durante a gravidez podem ser responsáveis pelo aparecimento das estrias, além dos fatores hereditários.

De acordo com nossa dermatologista, Dra Viviany Amaral, é importante tomar cuidado com o aumento de peso na gravidez! “Deve-se evitar o ganho excessivo de peso durante a gravidez com uma dieta saudável e atividade física sob orientação médica e profissional. O uso de cremes e massagens parece diminuir a incidência das estrias, portanto deve ser estimulado. Em um estudo recente, a idade materna superior a 31 anos, o menor ganho de peso materno e recém-nascido com peso inferior a 3500g foram associados à menor incidência de estrias”, explica nossa dermatologista.

Consulte sempre seu dermatologista!

 


Deixe um comentário

O calor e a pele seca

solseca

No calor, algumas pessoas percebem que a pele apresenta sintomas como vermelhidão, cor acinzentada, coceira e descamação.

Estes sintomas são característicos da pele seca e surgem por conta do sol sem proteção, falta de umidade no ar e, até mesmo, longos períodos no ar-condicionado. Portanto, para cuidar da pele ressecada, a hidratação é o tratamento certo! Mas, não é tão simples quanto parece, pois encontrar o produto certo faz toda a diferença.

O ideal é apostar em um cosmético que deixe a pele “úmida”, por exemplo, pois eles retém a hidratação na pele, melhoram o seu aspecto e a mantém hidratada.

É preciso estar atento a este tipo de pele, já que, apesar do tratamento ser simples, a pele seca pode evoluir para outras problemas, como sangramentos e o eczema.

Além disso, outras doenças como o diabetes também podem deixar a pele seca. Antes de usar qualquer hidratante que talvez não seja  o mais indicado para a sua pele, o ideal é consultar um dermatologista!

Somente um médico pode prescrever os melhores tratamentos para você!

 

 

 


Deixe um comentário

Tratamento a laser é o queridinho do inverno!

fique-linda-006-peeling-intd

O laser Co2 fracionado é um dos tratamentos mais indicados pelos nossos dermatologistas! Ele é muito versátil, pois pode ser utilizado para cuidar de diversos problemas de pele, como cicatrizes de acne, manchas na pele, estrias, rejuvenescimento, rugas, flacidez, olheiras, entre outros.

A grande vantagem deste laser é que ele estimula a produção do colágeno e promove o rejuvenescimento facial. Além disso, ele pode ser feito por qualquer pessoa, tanto em peles claras ou morenas, mas a idade ideal é a partir dos 15 anos. O Co2 fracionado remodela as camadas da pele, diminuindo flacidez e manchas.

Após o procedimento, a pele pode apresentar vermelhidão e inchaço em algumas regiões, estes sintomas são comuns nas primeiras 24 horas, principalmente em locais onde a pele é mais fina, porém entre 3 e 7 dias a pele volta ao normal.

Mas, fique tranquila! Estes efeitos não impedem as atividades do dia-a-dia! No entanto, evite a exposição solar nos primeiros 15 dias após as aplicações, mantenha a pele hidratada e use filtro solar!

Consulte seu dermatologista!

Para mais informações, entre em contato pelo telefone: (19) 3435-3900 ou envie um e-mail: atendimento@camilacaitano.com.br

 


Deixe um comentário

Depilação a laser para eles!

barbaaaJá não é mais novidade que os homens também gostam de cuidar da beleza! Por isso, o post de hoje é dedicado a eles! A depilação a laser é indicada para homens e mulheres e, no caso deles, a barba é um dos locais mais procurados, pois muitos homens sofrem com a foliculite e o constante encravamento dos pelos.

Para solucionar o problema, a depilação a laser é um dos métodos mais indicados, já que o laser destrói a raiz do pelo, impedindo seu crescimento. Além disso, esse método facilita o dia a dia, por que o homem não precisa mais perder tempo se barbeando.

Mas, fique atento! Somente um dermatologista pode examinar sua pele e indicar quantas sessões serão necessárias para eliminar os pelos, pois o número de sessões varia de acordo com a região. A depilação a laser pode ser feita na axila, costas, pernas, braços, barriga e virilha!

Agende uma consulta com um de nossos dermatologistas e aproveite o inverno para realizar este tratamento! Entre em contato pelo telefone: 19 3435-3900 ou envie um e-mail: atendimento@camilacaitano.com.br


Deixe um comentário

Dermatite de contato: como tratar?

coceiraA dermatite de contato é uma inflamação da pele causada pelo contato direto com algumas substâncias irritantes ou alérgicas.

A dermatite irritante é um tipo de dermatite de contato, neste caso, a inflamação é provocada pelo contato com ácidos, materiais alcalinos (sabonetes ou detergentes), solventes ou qualquer outra substância química. A reação causada geralmente parece com uma queimadura.

Outro tipo de dermatite é a de contato alérgico. Ela é provocada pela exposição a uma substância ou material a que a pessoa é muito sensível ou alérgica. Geralmente, a reação alérgica não é imediata, pois os sintomas podem surgir de 24 a 48 horas após a exposição. A irritação pode variar de vermelhidão e irritação leve na pele, até mesmo a feridas abertas, dependendo da parte do corpo afetada e da sua sensibilidade.

Existe também a dermatite por tratamento excessivo, que ocorre quando um tratamento para doenças de pele provoca irritações ou lesões.

Veja alguns alérgenos que estão associados à dermatite de contato:

  • Hera venenosa, carvalho venenoso, sumagre venenoso ou outras plantas;
  • Níquel ou outros metais;
  • Antibióticos tópicos (principalmente os aplicados na superfície da pele);
  • Anestésicos tópicos ou outros medicamentos;
  • Borracha ou látex;
  • Cosméticos;
  • Roupas e tecidos;
  • Detergentes e solventes;
  • Adesivos;
  • Odores e perfumes;
  • Outras substâncias ou materiais químicos.

Além de provocar reações a alguma substância que você foi exposto recentemente, a dermatite de contato também pode provocar alterações na pele pelo uso frequente desta substância. Mesmo não havendo uma reação inicial, o uso de solventes ou removedores de esmalte, por exemplo, pode, com o tempo, causar alterações na pele e sensibilidade ao produto.

No entanto, alguns produtos podem ser alérgicos somente quando entram em contato com a pele e a exposição solar (fotosensibilidade), como loções de barbear, protetores solares, perfumes, entre outros.

Para identificar a dermatite de contato, o dermatologista analisa a aparência da pele e o histórico de exposição ao que provocou a alergia. Para uma avaliação mais detalhada, o médico pode pedir também o teste de contato, muito usado em pacientes que tem uma dermatite crônica e recorrente. Outros testes também podem ser realizados, como a biópsia de lesão ou a cultura de lesão da pele.

É muito importante consultar um dermatologista que tenha experiência nestes exames para que os resultados possam ser interpretados com segurança! E você, sofre de alguma dermatite? Conte para nós!