Saiba tudo sobre o rejuvenescimento íntimo!

Deixe um comentário

genital3Você sabia que as alterações do aparelho genital feminino como perda de volume nos grandes lábios, flacidez e hiperpigmentação da pele, não estão relacionadas somente à idade? As alterações hormonais que ocorrem na juventude também podem influenciar na aparência genital feminina, assim como diabetes, obesidade, gestações e partos. Atualmente, cada vez mais mulheres têm dado atenção especial a este órgão, como fazem  com as outras partes do corpo.

Vale ressaltar que o rejuvenescimento da genitália feminina pode ser realizado através de diferentes técnicas, a depender das alterações apresentadas. O laser CO2 fracionado, por exemplo, permite diminuir a flacidez e melhorar a pigmentação da pele. Neste sentido, outros lasers também  são ótimas opções para tratar as áreas escuras da região perivaginal e perianal.

Outro tratamento inovador é feito com um aparelho que associa um laser de CO2 fracionado específico a uma radiofrequência e que permite o tratamento endovaginal. Isso possibilita rejuvenescer a mucosa vaginal, restaurando sua estrutura para a condição da pré-menopausa. Quando inserido na vagina, o laser atua diretamente sobre a mucosa, remodelando, tonificando e estimulando a regeneração e a produção do colágeno. Uma vez rejuvenescida, esta mucosa restaura a funcionalidade que foi perdida com o passar dos anos.

Esse tipo de rejuvenescimento íntimo é indicado para mulheres acima dos 40 anos, ou jovens em caso de menopausa precoce. O tratamento pode exigir de duas a seis sessões anuais, com intervalos de 45 a 60 dias, dependendo do grau de atrofia. O tratamento não produz efeitos colaterais, é rápido, indolor e sem a necessidade de anestesia. Pode haver leve desconforto local após o tratamento e nos primeiros dias após cada sessão. As contraindicações ao tratamento são gestação, infecções genitais, doenças sexualmente transmissíveis, alterações no exame citopatológico do colo uterino (Papanicolau) e lesões na vulva, vagina e colo uterino. Por isso, é imprescindível a avaliação ginecológica antes do tratamento.

A perda de volume e a flacidez também podem ser tratadas com o preenchimento feito com a injeção de ácido hialurônico, principalmente nos grandes lábios, monte pubiano e ponto G. Outra opção é a lipoescultura, com aspiração de gordura em áreas onde há excesso, como o monte pubiano e outras regiões, e posterior injeção em locais com atrofia e perda de volume.

Nos casos em que há excesso de pele e flacidez, tratamentos cirúrgicos são indicados: labioplastia ou ninfoplastia (redução dos pequenos lábios), clitoropexia (remoção de excesso de pele recobrindo o clitóris) e colpoperineoplastia (para estreitar as paredes da vagina).

Os motivos que levam as mulheres aos consultórios em busca do rejuvenescimento são muitos: cuidado, autoconhecimento, satisfação. Independente das causas pelas quais elas procuram o auxílio de um especialista, o importante é que estes procedimentos, que resgatam a jovialidade genital, resgatam também a confiança e a segurança nelas mesmas e, consequentemente, em suas relações afetivas e sexuais.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s