Outubro Rosa: esclareça suas dúvidas sobre o Câncer de Mama

Deixe um comentário

outubro-rosaO câncer de mama é o mais comum entre as mulheres e responde por 22% de novos casos a cada ano. No nosso país, as taxas de mortalidade por este tipo de câncer são elevadas, provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estágios avançados.

No mês mundial de conscientização da doença é fundamental aproveitar a oportunidade para esclarecer dúvidas e valorizar a prevenção. Veja quais são as principais dúvidas sobre o câncer de mama:

  •       O que causa o câncer de mama?

Não há uma causa específica para a doença, porém alguns fatores podem estar associados ao risco de desenvolver este tipo de câncer, como a idade, pois as chances aumentam à medida que se envelhece, menstruação precoce, menopausa tardia, primeiro filho em idade avançada, nuliparidade (não ter filhos), não amamentação e o uso de terapias de reposição hormonal. Obesidade na pós-menopausa, sedentarismo e consumo excessivo de álcool também podem estar associados ao câncer de mama. A hereditariedade é responsável por menos de 10% dos casos e o risco é maior quando os parentes são de 1º grau (pai, mãe, filhos ou irmãos).

  •       Quais são os sintomas, além do surgimento de caroços nos seios?

Outros sinais e sintomas menos frequentes do câncer são irritação ou irregularidades na pele, edemas, descamação e secreção no mamilo, dores e também é possível identificar nódulos nas axilas.

  • É possível identificar a doença somente através do toque nos seios?

Não, há uma fase da doença em que as lesões não são palpáveis, por isso é fundamental realizar exames de imagem, principalmente na faixa etária de maior risco (acima de 35 anos).

  •         Como é feito o tratamento do câncer de mama?

O tratamento deve incluir a opinião de vários especialistas médicos, como o mastologista, o radiologista, o oncologista clínico e o radioterapeuta. Geralmente, o tratamento é feito através de cirurgias e complementado com radioterapia, quimioterapia e hormonioterapia.

  •    Quais são as chances de cura?

Se diagnosticado precocemente, existe a possibilidade de cura de até 95%, por isso a prevenção é tão fundamental.

  •     As mudanças de hábito podem diminuir as chances da doença?

Sim, o consumo de álcool aumenta os riscos do câncer de mama, pois altera os níveis hormonais femininos, caso já existam células cancerígenas no organismo, a alteração nos níveis hormonais podem favorecer a multiplicação delas. O excesso de peso deve ser controlado, pois também altera os níveis hormonais. Manter uma alimentação saudável é essencial, deve-se aumentar o consumo de frutas, verduras e leguminosas, como o feijão, lentilha e grão-de-bico. Estes alimentos tem o poder de inibir a chegada de compostos cancerígenos às células.

Prevenir é sempre o melhor caminho! Por isso, procure seu médico para realizar exames preventivos, esclarecer dúvidas e principalmente quando apresentar qualquer sintoma! Cuidar-se é fundamental não apenas no mês de outubro, mas durante todo o ano.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s