Lipoaspiração: qual é a ideal para seu biotipo?

Deixe um comentário

lipodesenhobiomodulacaocorporalSegundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a lipoaspiração é o segundo procedimento mais realizado no Brasil.

É exatamente por isso que se deve estar atento a qual técnica ideal para seu corpo, pois isto garante que o procedimento seja realizado de forma correta e segura.

Atualmente existem diferentes técnicas de lipoaspiração, como: Hidrolipo, Lipoescultura, Vibrolipoaspiração, Lipo a laser e Mini Lipo. Estes procedimentos são ideais para quem deseja eliminar a gordura localizada.

Mas para que não haja dúvidas sobre qual tipo de procedimento escolher, procure saber os objetivos de cada um, é fundamental consultar um cirurgião plástico de sua confiança.

  • Hidrolipo

Ideal para joelhos e culotes, ela é feita com um líquido (Ringer lactato acrescido de lidocaína e adrenalina) que é infiltrado no local com o objetivo de encher o tecido adiposo. É um procedimento menos doloroso, mas como é realizado por partes, algumas vezes é preciso mais de uma sessão. Os resultados dependem da região e da quantidade de gordura no local.

  • Lipoescultura

Esta técnica retira parte da gordura pelo mesmo processo da Lipoaspiração e é injetada em áreas que necessitam de preenchimento, como os glúteos, por exemplo. Como a gordura aplicada é do próprio paciente, não há riscos de rejeição. E os resultados costumam aparecer após 6 meses.

  • Vibrolipoaspiração

Este procedimento consiste na introdução de mecanismos vibratórios nas cânulas de aspiração. A vantagem desta técnica é que o sangramento e a dor no pós- operatório é menor e a recuperação é mais rápida. Após a operação é indicado o uso de cinta elástica e drenagem linfática, a partir do 5º dia.

  • Lipo a Laser

Nesta técnica um aparelho com funcionamento a laser é acoplado à cânula de aspiração de gordura, derretendo a camada gordurosa e matando as células adiposas. Para o pós-operatório é indicado também o uso de cinta elástica e drenagem linfática.

  • Mini Lipo

A técnica é a mesma da Lipoaspiração comum, a diferença é que só pode ser feita em regiões com baixo índice de gordura. Não é necessário repouso e nem internação, em alguns casos o paciente pode voltar a sua rotina no dia seguinte. É comum o inchaço permanecer até cinco dias após a operação, por isso é indicado a drenagem linfática.

Como foi dito anteriormente, é fundamental estes procedimentos serem realizados por cirurgiões especializados e que sejam membros da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Somente assim o profissional estará habilitado a realizar a cirurgia de maneira correta e segura.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s