Lâmpadas fluorescentes aceleram o envelhecimento da pele

Deixe um comentário

fluoPara quem trabalha em ambientes fechados, a luz branca é muito comum e indispensável, além de colaborar para a preservação do meio ambiente e na economia de energia. Mas, a luz emitida por estas lâmpadas pode ter um impacto negativo na saúde da pele.

A claridade da luz e da tela do computador pode provocar o aparecimento de manchas e linhas de expressão. Para evitar os danos do envelhecimento precoce é imprescindível aplicar um protetor para reduzir os impactos negativos da iluminação. No entanto, o mesmo protetor usado contra os raios solares não protege a pele contra as lâmpadas fluorescentes.

Neste caso, é preciso fazer uso de um protetor rico em dióxido de titânio, responsável por bloquear a ação da luz artificial sobre a pele. O protetor solar ainda é eficaz, mas sua ação é reduzida em relação a um cosmético específico.

Mas não é preciso deixar a casa as escuras ou fugir do escritório, a luz em ambientes fechados é menos prejudicial do que a luz solar. Oito horas de luz artificial equivalem a um minuto e 20 segundos de exposição solar em um dia de verão.

É preciso lembrar que as pessoas que fazem tratamentos de pele como o peeling ou o laser e que possuem doenças desencadeadas pelo sol, devem se proteger da luz branca.

Consultar um dermatologista é imprescindível, somente um médico especializado pode indicar o produto ideal para sua pele ou um tratamento específico para manchas e linhas de expressão. Evite a automedicação!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s